skip to main | skip to sidebar

6 de novembro de 2008

QUE TAL UMA IDA AO TEATRO?




Proposta do A VOZ PORTALEGRENSE, que tem o programa completo.
porque não ir um destes dias ao teatro?








«As pessoas têm a mania que são donas de cães, de canários, de outras pessoas, de casas, e até da própria terra. Ponhamos os cães e os canários de lado, e vejamos como é que se comportam as pessoas com as casas. Depois a história é simples: a porteira trabalha para a madrasta e depois vem o príncipe, que é mais poderoso, expropria a madrasta e fica com a porteira. Mas como é que é depois da felicidade para sempre? Como é que são as histórias depois de acabarem as histórias?»
[Miguel Castro Caldas]

16 comentários:

Carla disse...

...depois de acabarem as histórias...começa a vida real...e nessa nem sempre os sapos se transformam em príncipes
beijos

claras manhãs disse...

Olá Carla

Não conheço o resto do texto, por isso não sei se será assim que continua.

Beijinho

inespimentel disse...

... depois de acabarem as histórias que dão início a outras que por sua vez quando acabarem...
Pode ser?
A propósito do sentimento de posse que alguns alimentam em relação àquilo que não se pode possuir acho particularmente graça à ideia das "mulheres que roubam maridos umas às outras"... "coisificar" assim um homem parece-me uma maldade tão grande e uma abordagem demasiado primária...

Minuxa, e a gripe... como estamos???

Nuno de Sousa disse...

Acho bem, devemos ir mais vezes ao teatro, por que não fazer por isso, deixarmos o pc umas vezes pelo teatro, ver os bons actores que temos por aí.
Boa amiga Minuxa, gostei desta chamada de atenção...
Nuno

P.S. - Para a semana estarei de férias por isso deixo uma grande bjoca por aqui, saudades.

a voz disse...

Minucha
Um Conselho a seguir!
Beijinho.
Mário

cris disse...

As relações não se resumem a um amor e a uma cabana.
Fosse assim, Minucha, fosse assim!
Beijos, Linda.
Já anotei a sugestão. Vamos ver se a peça vem ao Theatro Circo.

claras manhãs disse...

Olá Inês


Por mim, alinho na tua continuação de história.
Por este bocadinho e pelo que conheço das peças deste autor, ele deve estar contra a "posse" do que quer que seja, Inês.
Acho que haverias de gostar das peças dele.
Repara que, por este bocadinho, que não se trata de roubar ninguém.

Quanto à gripe, hoje é o primeiro dia sem febre, mas estou de rastos, como tu já tinhas previsto.


Beijinho, Inês

claras manhãs disse...

Olá Nuninho

Podes crer e olha que este autor nunca deixo de ir ver.

Boas férias, Nuno

Beijinho

claras manhãs disse...

Olá Mário


Obrigado pela sua sugestão.
Não vou deixar de ir ver.

beijinho

claras manhãs disse...

Olá Cris


Sabes que durante anos acreditei que talvez fossem?
Santa ingenuidade!!!
risos

Beijinho

Meg disse...

Minucha,
Passei para te deixar saudades e...
como ao ler os comentários fiquei a saber que estás doente, te desejar melhoras rápidas.

Um abraço

LB disse...

É verdade, porque não? Há tanto tempo que lá não vou...!

Beijinho

Teresa disse...

querida,

desejo aquele sucesso merecido, àquele que te é tão querido!

nem sabia que estavas doente. espero que melhores rapidamente.

um beijo enorme,

teresinha

ps.-não sabia que o luís (lb), andava por cá...

claras manhãs disse...

Olá Meg


obrigada Querida.
Hoje estive no teu blog onde não ia há uns tempos.
Mando-te mail, amanhã.

beijinho

claras manhãs disse...

Olá Luis


É sempre uma boa sugestão!

beijinho

claras manhãs disse...

Olá Teresinha


Uma gripe danada, mas começa a passar.
Obrigado minha querida.
O lb, anda por cá, peloas fotografias excepcionais. Não tens visitado?

beijinho, minha querida, cheio de saudades