skip to main | skip to sidebar

12 de janeiro de 2009

FOGO




EnHigma





O fogo envolve-a.
Tenta resistir-lhe, chiando, gemendo, estalando, agitando-se numa tentativa vã e desesperada de lhe fugir, esquecendo que tem raízes, essas mesmas raízes que a tornaram tão bela e majestosa, que a agarram à terra que também é Mãe, não a deixando sequer tombar.
As árvores querem-se de pé, mesmo morrendo.
Dilacerada, abre-se em chagas deixando escorrer a sua seiva que vai alimentar o fogo, que a faz explodir em mil gotas feéricas, outros tantos mil fogos que se espalham pela Mãe que também terra é e pela floresta, incendiando outras tantas iguais a si.
Ele viu tudo desde o pequenito fogo de quase nada que se ia arrastando campo fora coberto de restolho seco, avançando palmo a palmo na direção proibida, já engrossado, sem ninguém acudir, aquilo era pouca coisa, até chegar à floresta que tinha dois belos e ancestrais carvalhos de sentinela. Devagarinho o fogo lambeu o primeiro até o envolver.
O fogo já era incêndio e as lágrimas escorriam-lhe pela cara ao ver a dimensão que atingira.
Tentou deixar de o ver, o que era impossível, pois o braseiro refletia-se nos vidros, nas paredes e dentro dele, as brasas guardadas que nunca apagavam, atearam com violência inesperada, como que inspiradas pelo que se passava à sua volta.
Ele soube que tinha chegado a hora, ele que é água que não apaga fogo, iria lutar até que a morte o encontrasse, mas de pé como as árvores.
Os incêndios que destroem florestas, são também fonte de renovação e de criação.


19 comentários:

mateo disse...

... e ele era só água...
Há incêndios que nos atingem apesar de.
Bj

mateo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
claras manhãs disse...

Olá Mateo


Pois há, mas também são, quase sempre, fonte de transformações e se forem boas ganha-se sempre

beijinho

Valentim Coelho disse...

Felizmente que Prometeu roubou o fogo aos deuses pra o dar ao homem.
Ele que agora nos faz tanta falta, com o frio que por cá anda.
Beijos

Mateso disse...

Mas á agua tão simples não apaga o fogo da gente, apenas... lava, lava e depois até pode renascer das cinzas... o sopro feito barro ... vida? Sentir? o que se quiser.
Gostei e muito
Bj.

Mariz disse...

Querida amiga

O fogo é algo Sagrado...
A água é sempre "benzida"...a cada manhã...
Os gestos vorazes pertencem ao homem!
Tudo é Divino: o chão, água, o ar, até ao céu! Tudo se interliga.
Os pensamentos (mente) é que os destróiem!
Belo o teu texto, como sempre...
E sempre, estarei aqui para ler-te, e não só...

Mariz

Fatyly disse...

O homem fazendo parte da natureza deveria ser parte integrante integrante da mesma e nunca a destruir ou auto-destruir-se e isso está na cabeça versus atitude como "fonte de renovação e de criação".
Gostei!

Beijos

inespimentel disse...

O fogo é dos mais belos espectáculos a que podemos assistir, não é?
Tal como o mar, tão belos quanto devastadores!
xicoração

claras manhãs disse...

Olá valentim

Desculpa só hoje te res+ponder, mas andei com problemas no pc.

o fogo agora é essencial, tens toda a razão.

beijinho

claras manhãs disse...

Olá mMateso

É isso mesmo!!
sempre fazes as interpretações correctas
sorriso

beijinho

claras manhãs disse...

Viva Mariz

Tal e qual.
São sempre fonte de renovação, se interligados

beijo meu

claras manhãs disse...

Olá Fatyly


Também é verdade o que dizes, mas não te esqueças que nas florestas virgens, há fogos espontâneos.

beijinho

claras manhãs disse...

Sim, Inês

Mas o fogo espontâneo das florestas e estou a falar de florestas à séria, destroi primeiro, mas renova em seguida.
É o fogo da transformação, existe na Naturza e em nós.

beijinho

JúliaML disse...

Querida Minucha, esta lá um prémio para si no Privilégios!

beijinho

claras manhãs disse...

Uuaauuu!
Um prémio dado pelo 'Privilégio dos Caminhos'?

até já

beijinho

Sam disse...

tu acendes o meu fogo...e isto só a escrever...

TMara disse...

belíssimo texto e metáfora.
Para além do valor intrínseco, muito bem escrito. Geia comporta em si todas as energias que nos oferta.
Bjs
Luz e paz

claras manhãs disse...

Olá Sam

Continuas doidão, como sempre, o que é deveras saudável.

beijo terno

claras manhãs disse...

Olá TMara

Obrigado pelo elogio, que vindo de ti, toma uma outra dimensão.
LUZ e PAZ!
beijinho