skip to main | skip to sidebar

18 de março de 2009

A MAGIA DA BRUMA




Foto de ADRIAN LAROQUE
Merece que cliquem para a aumentar



A Natureza é exuberante, o lago perfeito, não sei se é lago ou rio, o momento mágico e há sempre a luz, há sempre uma luz, como dizia Adrian no seu post

E fico a olhar embevecida a infinitude de planos, desfocados, espelhados, enevoados, com vontade de descobrir mais.
Fica-me a dúvida se será um amanhecer ou um entardecer, o que também não faz diferença nenhuma, pois gosto desta bruma que se adensa com a lonjura, propositadamente desfocada.
A luz, aquela luzinha que ilumina o pequeno ancoradouro, tanto o superior como o inferior e que de repente me transporta para a densa floresta onde caminha um anãozinho com uma lanterna na mão, de volta à sua pequena casa, onde encontrará uma menina boazinha e boa dona de casa, que demonstrava até à saciedade a incapacidade de submissão às normas.

....................
- e do príncipe?
- também não
- tens de gostar de alguém, tens de escolher um que aches que é o melhor
- ......

Não sei do que mais gosto, se do real ou do espelhado, se do exterior ou do interior, se do verdadeiro ou do aparente, há tanta aparência que não é verdadeira e tanta verdade que é aparência, que fico balançada sem saber o que escolher
Poder-se-ia inverter a fotografia? O que é aqui espelhado passaria a real? Mesmo que aparentemente? Não teríamos de aguçar o olhar para perceber a diferença?
Dúvidas. São só dúvidas, nada mais
Magicamente transformo-me na bruma, no lago ou rio, nas casas e árvores e sou a luz que abre a porta ao mundo espelhado, mergulhando nele.



16 comentários:

manzas disse...

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

claras manhãs disse...

Olá Manzas

Que bonito!


Beijinho doce

Funes, o memorioso disse...

Houve um imperador chinês que um dia adormeceu e sonhou que era uma borboleta. Quando acordou, não sabia se era um imperador chinês que tinha sonhado que era uma borboleta, ou se era uma borboleta que sonhava agora que era um imperador chinês. Se bem me recordo, esse imperador chinês chamava-se Claras Manhãs e o seu império estendia-se até ao reino das brumas.

prafrente disse...

Creio que Portugal se encontra assim no meio dessa bruma á espera que El Rei D.Sebastião regresse de Alcacer Quibir para nos salvar...tenho receio que em vez dele surja outro rei, clonado em Santa Comba e com raizes de oliveira...

bjinho destas terras á beira rio...

Fatyly disse...

De uma coisa eu tenho a certeza, tudo o mais podem ser suposições...que enquanto eu tiver dúvidas é sinal que estou viva.

A bruma é mágica pela beleza conforme a foto, mas detesto andar às apalpadelas e a nossa serra é exemplo disso...nem com os super máximos se vê o quer que seja heheheh

Beijos

Valentim Coelho disse...

Eu fiquei com o olhar colado a imagem pois ela é bela. E podemos imaginar ... dar asas à imaginação e ver tudo o que quisermos nela.
Beijos, bom fim de semana.

Mike disse...

Deixe estar a fotografia como está, que dúvidas há poucas. Ela é belíssima e mágica. :)

claras manhãs disse...

risos

Funes Querido

No meu imaginário, um imperador chinês é tão mágico como uma borboleta, ou como um império de brumas.
Gosto tanto de qualquer deles

beijinho enternecido

claras manhãs disse...

Olá José

Penso que Portugal, tal como o resto do mundo, ainda não viu o fim à crise, e que sairá dela completamente diferente, espero que para melhor

beijinho, com vontade de rever essas terras

claras manhãs disse...

Olá Fatyly

É verdade! é sempre complicado guiar com nevoeiro e a nossa serra é nisso exemplar

beijinho

claras manhãs disse...

Olá Valentim

A fotografia é belíssima, sim!
e dá asas à imaginação


beijinhos

claras manhãs disse...

sorriso divertido

Olá Mike

mas a magia traz sempre dúvidas, meu querido, por mais terra a terra que a pessoa queira ser
E sim, a fotografia é uma beleza!

beijinho

Adrian LaRoque disse...

Adorei o texto, parabéns!

claras manhãs disse...

Olá Adrian


Acho que a fotografia merecia melhor, mas não o consegui.
Obrigado por m'a teres disponibilizado.

Beijinho

Mateso disse...

Não é o mundo um espelho de si? Nas brumas da madrugada quando há o interlúdio Homem-mãe Terra diluiu-se mas depois quando as névoas da noite chegam, adensa-se .A inversão.
Bj.

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇