skip to main | skip to sidebar

12 de outubro de 2008

OUTONO












Talvez o que te dei fosse demais
Talvez tenha faltado quase tudo
Dei-me eu o que posso dar eu mais
Depois de amar-te surdo cego e mudo

Todo aquele mar azul que nos sabia
Ao pôr do sol ainda enamorados
Já não étão azul como parecia
Quando nos recebia apaixonados

Talvez o meu engano fosse amar-te
E o teu acreditar que era possivel
Fazer do amor apenas uma arte

Um Outono em vez de Primavera
Um amor louco sim mas impossivel
Como se tudo fosse ainda como era


Poema de FERNANDO TAVARES RODRIGUES
In XXI Sonetos de Amor, ficheiro que me foi enviado por NONAS

10 comentários:

Madalena disse...

Não sei o que prefiro se o poema ou a imagem que o ilustra. :)

Bom domingo.

xistosa - (josé torres) disse...

Por isso não devemos gastar tudo nas primeiras impressões e deixar a flutuar um "halo".

Com a cores tumultuosas da foto, que são tão avassaladoras como as as palavras do soneto.

(gosto da poesia dele e pensei que tinha ainda presente, mas já não tenho ..., "CARTA DE AMOR")
Um bom fim de semana, que com esta simbiose tem mesmo que ser perfeito.

claras manhãs disse...

Olá Madalena

A imagem é um espectáculo, não é?
Mas o poema é uma beleza

beijinho

claras manhãs disse...

Olá Xistosa


Vou procurar a ver se tenho. Se te tiver envio-te.

beijinho

TINTA PERMANENTE disse...

Bonito o poema e profunda a cor da imagem!...


abraços!

claras manhãs disse...

Olá Tinta Permanente


tenho estado a editar os sonetos de Fernando Tavares Rodrigues.
Acho-os lindos!

beijinho

inespimentel disse...

As cores do Outono são para mim as mais belas cores...
Do amor o mais belo é quando apesar de usado não fica gasto, porque a arte está em mantê-lo bem cuidado, limpo, arejado, dar-lhe ares puros e saudáveis, saber atravessar com ele as primaveras e tb os outonos e os invernos.

claras manhãs disse...

Olá Inês


Pois é minha querida, coincidimos em muitas coisas!

beijinho

CatarinaGarcia disse...

Muito obrigado pelo seu comentário no meu blogue. Desde sempre que desenho muito e como estou a acabar o meu curso de pintura tenho já bastante prática de desenho. Espero, mais tarde, conseguir algo na área. Entretanto agradeço ter gostado muito do meu trabalho e ter comentado.
Bonitos textos no seu blog.
Um bem-haja,
Catarina

claras manhãs disse...

Olá Catarina

Nada me tens de agradecer, mas sei que o teu link tem passado por quase toda a blogosfera, o que é bom.
o teu trabalho é muito bom, e isso é só teu, o talento, e de alguns professores a aprendizagem.
De todos os modos, esta sexta-feira farei um post sobre o teu blog.

beijinho