skip to main | skip to sidebar

28 de outubro de 2008

22 OLHARES SOBRE 12 PALAVRAS



HÁ UM LIVRO QUE VAI SER LANÇADO COM TEXTOS DOS PRIMEIROS JOGOS DE 12 PALAVRAS







Colectivo a apresentar: "22 Olhares Sobre 12 Palavras" (PVP: 13,00€) - nascido na blogosfera por pessoas que têm em comum o amor à palavra e à escrita.
Apresentações: _ Porto, Palacete dos Viscondes de Balsemão; à Praça Carlos Alberto, 22 Novembro, 2008, 16H - apresentação a cargo de Jorge Castro do Blog http://sete-mares.blogspot.com/ com prefácio de José António Brreiros _ ver blogues em http://joseantoniobarreiros.blogspot.com/ _ Lisboa: Livraria Barata, 05 de Dezembro 2008, 19H30

8 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Estou de volta.
A morte fugiu da Terra.
Sempre acreditei que o que é mau nunca mais acaba!
Tive, agora, a prova.
Estou como novo.
Pelo menos remendado.

Sobre o livro, penso que foi um que já encomendei há uns tempos largos para a Editora.
Agora que verifiquei melhor ... é mesmo, o mesmo. (gosto das palinfrasias)
Haja solariedade

claras manhãs disse...

Olá Xistosa


Ainda bem que és ruim
sorriso
pelo menos estás novo.
tal qual solidariedade, e porque tem textos lindíssimos.

Beijinhos

CatarinaGarcia disse...

Também está presente nesse livro?
bj,
Catarina

claras manhãs disse...

Não Catarina

Só soube destes jogos, no fim de Setembro, estes dois com que participai são de Outubro.

Beijinho, Catarina

Nuno de Sousa disse...

Mas irás estar no meu... :-) pois estou em conversação com uma editora para a Edição de um para o proximo ano do meu blog fotos e poemas, sabes qual é... espera por novidades é que depois terei de pedir a tua autorização para colocar o teu texto no livro mas depois falamos melhor... Por isso vai já pensando no assunto :-)
Para esse livro que falas desejo as maiores felicidades e que seja um sucesso.
Bjs grandes
Nuno

claras manhãs disse...

Olá Nuninho


A minha autorização tens desde já, e se for preciso mais alguma coisa e só dizeres, que eu bem sei como essas coisas são.

beijinho

prafrente disse...

Olá, gosto imenso de livros mas paulatinamente vou-me rendendo á evidência de que nesta fase do "campeonato" apenas posso ter olhos para os livros necessários ao meu percurso académico.Não sobra tempo para mais nada.Diria mesmo, em linguagem de "andaime", que nem me sobra tempo para me coçar.

Quanto ao bailado eu ponho-me a pensar de que matéria prima será feito o corpo dos profissionais da dança para conseguirem aquela elasticidade arrepiante? Nos meus tempos de juventude eu só gostava de dançar ao som daquelas músicas "de amachucar corações"...O cavalheiro pegava na dama, pousava a cabeça no seu ombro, fingindo que dormia, e abanava o corpo, sem sair do lugar...A minha música preferida era "unchained melody", ou "il silenzio" de Nini Rosso.

Bjinhos

claras manhãs disse...

Olá José


Tu é pousavas a cabeça no ombro da rapariga?
Caramba, sou mais velha do que tu, mas só uns anitos
Nesse tempo eramos nós, mulheres, que pousavanos a cabeça no ombro deles, ou de cara encostada.
As coisas mudam em pouco tempo, heim?

O corpo dos bailarinos é feito de trabalho, muito e muito trabalho, duro, difícil, de esforço suado e principalmente de vontade férrea e disciplina interior.
Mesmo que não dancem assim tão bem, são sempre, mas sempre, dignos de admiração.

Beijinho